Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Desesperanças


Diante de esperanças perdidas
Busco conforto em palavras
Apego-me a momentos felizes
Que tive durante a jornada

A vida tem seus descaminhos
As coisas tem hora marcada
As vezes pisamos em espinhos
É preciso mudar a passada

Meus olhos refletem minh’alma
Um brilho acendeu e se foi
Permanece um sorriso sem graça
Tudo passa, amanhã ou depois.