Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

quarta-feira, 30 de março de 2016

Lukita

Lembro-me dos dias que tiveste deitada sobre meu peito
Abato-me com a tristeza que sinto pela sua ausência
Quem me dera esta noite tu estiveste ainda em meu leito
Para poder lhe acariciar e me livrar desta sofrência.

Não consigo imaginar a sua noite distante de mim
Ainda te procuro olhando para o chão da sala
Abro a geladeira com medo de te machucar
E fico pensando aonde vou deixar a sandália.

Saudades de te ver correr, pular e cair.
Saudades de mimar você até você dormir
Saudades do seu latido que me fazia sorrir
Saudades de ir te pegar e você fugir.

Nenhum comentário: