Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O teu poema falou comigo

Pinho Sannasc e Leandro de Assis


Sentimento lindo é a gratidão 
E maior sentimento é o amor
Nos teus versos senti emoção
A poesia é assim, sim senhor

Poeta não é quem faz as rimas
Mas quem pode tocar uma alma
Ver sorriso no olhar que lacrima
E do silêncio extrair uma palma

Vejo em ti um poeta confesso
Rodeado de musas queridas
As Senhoras dos teus versos
Singelas mulheres da tua vida

O poeta cativa pelo que diz
E assim tu fazes meu amigo
Parabéns Leandro de Assis
O teu poema falou comigo 


Pinho Sannasc

Em resposta ao poema: Mulheres da minha vida.


Mulheres da minha vida


O primeiro abraço que recebi foi de uma mulher
Fui colocado em seus braços, recebi teu sorriso
Recebi teu abraço e chorei.
Dela recebi o primeiro beijo, o primeiro banho,
O primeiro afago e percebi o que é o amor.
De uma forma tão especial cuidou de mim
Com seu carinho, com seu afeto e sua atenção.
Ensinou-me a ler, a escrever e principalmente,
Deixou-me ser criança, fez-me uma pessoa feliz.
Um dia cresci e achei que era hora de sair do teu seio,
Muitas madrugadas perdi, tentando me divertir de um jeito
Que ela não me ensinou, enquanto isso ela orava por mim,
Dizendo: “Deus, no momento não sei onde está meu filho,
O Senhor que sabe todas as coisas, cuida dele por mim?”
E assim, Deus colocou no meu caminho, outra mulher.
Mas como parece a mesma, apesar da mudança na essência do amor,
Esta também me conquistou, também cuida de mim, eu também a amo
E ela também me faz feliz.
Parabéns minhas mulheres, pois vocês que me completam
Vocês que me alimentam, sem vocês não sei quem sou.
Obrigado meu Senhor, por colocar em minha vida essas mulheres.


Uma homenagem, a minha mãe, minha esposa, minhas avós, minhas tias, minha sogra, minhas primeiras professoras e a todas as mulheres. Eu valorizo as mulheres!
Dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher!

Imagem: http://loucuramental.com/lenda-urbana-amor-de-mae/

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Eternamente em meu coração

     
     Estou tentando escrever um poema, mas não consigo. A minha mente ainda está conturbada com a partida do meu amigo e irmão Gustavo Quireza. Tenho evitado ficar sozinho,  procurado ir a praia, me divertir, mas basta parar um pouco e pronto, as lágrimas vem ao rosto, a saudade aperta o coração e começo a pensar na nossa amizade, nos sonhos que compartilhávamos, nas lutas e vitórias que tivemos e principalmente na alegria que tínhamos em servir a Cristo juntos.

     Compartilhávamos do sonho de um mundo melhor e lutávamos para isso fosse possível pelo menos ao nosso redor, lutávamos por um evangelho diferente, sem preconceitos, hipocrisias e costumes bestas que mais afastam as pessoas de Deus do que aproximam. E assim, formamos o CMF (Christian Metal Force) em Plataforma, depois formamos a banda Teshuvá (arrependimento) e nosso projeto mais recente foi o retorno do Projeto Resgate juntamente com Shano Passos e a coordenação de Henrique Quireza.

     Era questão de tempo para retornarmos com as programações do Projeto Resgate, Gustavo dizia sempre que já era chegada à hora de alargar, citando uma música da banda Reobote Zion, que nos incentiva a conquistar e a viver um novo tempo em Cristo Jesus. Infelizmente à hora dele chegou cedo demais e ainda não consigo compreender e nem aceitar isso, achei que eu era forte mais não sou, mas agradeço a Deus pela esposa que tenho, pois sabe o momento de me deixar chorar e o de me levantar. 

Eu tenho certeza que meu irmão está com Cristo, pois como sempre conversávamos e discutíamos sobre a Palavra de Deus:  1 Samuel 16:7 "... porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração."