Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Publicado no Jornal A Tarde em 16 de Janeiro 2011, pág. A2

A política do asfalto já começou!

      Mais uma vez, em ano eleitoral as ruas dos bairros pobres da nossa cidade começam a ser remendadas com uma camada fina de asfalto para receber o então pré-candidato a vereador, que pretende angariar os votos dos moradores destes bairros. Só para citar um exemplo, a Rua Batista Machado, conhecida como Mabaço de Baixo que fica no bairro de Plataforma, recebeu remendos nesta semana, mas somente um pequeno trecho da rua.

      A compra de votos através de asfalto e outros materiais de construção é comum em nossa cidade, tem pré-candidato inclusive dono desse tipo de comércio, o que facilita ainda mais a “troca de favores” com as comunidades carentes. Dificilmente, uma comunidade carente de saneamento básico e infra-estrutura que recebe benefícios de um pré-candidato ou candidato irá denunciá-lo caso haja compra de votos. Afinal de contas, muitos acreditam que é a única oportunidade que tem de receberem alguma coisa.

     Enquanto isso, questões importantes, além de infra-estrutura, como acessibilidade e segurança nem são discutidas nos comícios (chamados de reuniões antes do período eleitoral) de agradecimento pelo asfalto com faixa financiada pelo próprio pré-candidato agradecendo-o pelo feito. Porque será que a Rua Almeida Brandão também pertencente ao bairro de Plataforma nunca recebeu asfalto dos pré-candidatos a vereador eleição após eleição? Será devido à pequena quantidade de eleitores, já que do outro lado é a ferrovia?

     Em alguns casos, como em Pernambués, a Assossiação de Moradores atua de forma ativa conseguindo melhorias para o bairro independente de período eleitoral e com isso não há estranhamento para a comunidade quando em ano de eleições novas melhorias são conquistadas para o bairro por nomes já conhecidos pela luta e pela história. Porém quando alguém aparece da noite para o dia asfaltando as ruas de uma comunidade na qual ele não pertence, nem freqüenta, ai tem coisa! Vamos torcer para que o Ministério Público e o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) estejam de olho. 

9 comentários:

Bяυиσ мáяiรтσи disse...

Muito bom, esclarecedor... parabéns vei

Luccya Duarte disse...

ngsPois é amigo...é como sempre digo: Ser brasileiro não é fácil!

"Quanto mais nos deslocamos
Muitas coisas passamos a ver
Gente pedindo nas ruas
Por não ter o que comer
Menores fora da escola
Hospitais com excesso de doentes
E os políticos com dinheiro na mão
Roubam a classe mais sofrida
Em nome da ambição
Povo medíocre sem caráter
Roubando cofres estão a sorrir
Na hora do nosso voto
Vem mais uma vez nos iludir" Luccya

Carlos Barros disse...

Texto elucidativo.
Parabéns, Leandro!
Grande abraço!

Rodrigo Ribeiro disse...

Muito bom, Leandro!

cláudio maia disse...

Vamos repassar essa nota aos nossos colegas...é como uma gota no oceano, que, de outro modo, tal gigante não mais existiria.
Cláudio Maia

kauelisio disse...

Muito bem amigo Leandro, faremos a nossa parte denunciando as condutas horrendas da política brasileira, em especial a baiana... Enquanto houver desigualdade, sempre haverá necessidade, por isso eles se aproveitam dos mais humildes...
Parabéns pelo seu texto!!!

Josue Ramiro Poeta disse...

Meu amigo Leandro, coisas como essas devem mesmo ser denunciadas. Isso é o que a gente chama de princípio de corrupção ativa, é péssimo para o povo. Pobre povo, inocente e útil.
ALVORECER
Violentam nosso povo tão aflito
Com mentiras e outras conversas
Esses canalhas que se fazem políticos
Propagando malditas promessas
Pois as promessas não são cumpridas
Deixando o povo sofrendo tanto
E com o lamento aumenta o pranto
Porque é triste ver tanta mentira
Ardilosos, corruptos, enganadores
Hipócritas, vis, saqueadores
Emanam do berço de nossa nação
Mas qualquer dia esse povo se cansa
Com liberdade alcançarão a mudança
Eliminando toda a corrupção.
Um soneto de Josue Ramiro Ramalho.

Clari Matos disse...

Amigo Leandro...Gostei é isso temos que lutar pelo o que é posso é cobrar deles sempre..já que eles cobram da gente em tempo de eleicao temos que fazer nossa parte
tbm
vc estar de Parabéns liindo Trabalho

robert disse...

épico (infelizmente)