Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Tu és minha rainha


Encantei-me com tua beleza
Com teu sorriso e teu olhar
Porém para minha tristeza
Outro cara ela estava a sonhar

Fui chegando de mansinho
Estudando seu jeito de ser
Envolvendo-a com carinho
Mesmo sem ela merecer

Aos poucos fui criando
No íntimo do seu ser
A vontade de me ouvir
A vontade de me ver

Conquistá-la eu consegui
De seu amor hoje disponho
Para continuar sendo feliz
Eterno carinho eu proponho.

Conquistar todos os dias
A mulher que me casei
É fazer dela minha rainha

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Eu vejo flores em você.





A minha alegria de viver
Está em amanhecer ao teu lado
Beijar-lhe o teu rosto
Ser teu eterno namorado.


Tú que és minha inspiração
A única flor do meu jardim
Que completa meu coração
És mais bela que a Jasmim.



Eu não sei o que eu fiz
Para tanto merecer
Só sei que sou feliz
Eu vejo flores em você.


Escrito em 22/06/2011 e publicado no Facebook


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Nem sempre é fácil amar...


Quando a conheci não tive a intenção
Apenas pensei numa amizade qualquer
Mas algo aconteceu em meu coração
Comecei a me apaixonar por essa mulher.

Sofri, lutei, chorei e persistir
Esperei com fé que ia conseguir
Um dia conquistar o seu amor
Um dia tê-la todinha pra mim.

Quando cansei, terminei desisti
Então ela percebeu tudo que eu fiz
E me disse: Eu te amo, volta pra mim
Sem demora voltei e sorri

Também a fiz sofrer, também a fiz chorar
E como a perdoei por tudo que passei
Ela me perdoou pelo que a fiz passar
Hoje estamos juntos e nada vai nos separar.

...mas vale a pena lutar por quem se ama.