Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Aquele abraço!


Num abraço de despedida
Posso sentir teu carinho
Eu te peço minha querida
Fica mais um pouquinho.

Sua presença me satisfaz
O teu jeito simples me cativa
Te quero pra sempre ao meu lado
Te quero pra sempre em minha vida

Gosto do teu sorriso
Gosto da tua companhia
Ouvir a tua voz doce
Desperta em mim alegria.

Eu penso em você dia e noite
Eu penso em você noite e dia
E sinto que você está

2 comentários:

Luccya Duarte disse...

Que maravilha Léo..

Luiz Menezes disse...

Vou fazer o meu comentário com um poema de minha autoria.

UM ABRAÇO
Um abraço, dois abraços
São quatros braços se abraçando
Um abraço diz muitas coisas
Fala até pelo coração

Um abraço bem apertado
Afasta até solidão
Sustenta lágrima
Germina amores
Na terra fértil do coração

Um abraço bem abraçado
Ameniza um grande não
Guarda juras e segredo
É o bálsamo do perdão

Um abraço bem abraçado
Serve até de cobertor
Aquecendo o coração
E curando uma grande dor

Um abraço diz muitas coisas
Que são difíceis para descrever
Não tem palavra que o decifre
É necessário que o pratique

Um abraço é tão sublime
Que consegue com facilidade
Conter o jorro de palavras
Somente em um enlace

Um abraço bem abraçado
É tão gostoso de sentir
É um compasso de quatros braços
Não tem quem possa resistir.

Luiz Menezes de Miranda