Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Eu e o Fala Escritor


Quase dois anos atrás, quando pensei num encontro de escritores independentes, não imaginei a dimensão que a coisa iria tomar e nem o quanto isso mudaria minha vida. Eu era apenas um escritor independente com sede de cultura e com vontade de crescer enquanto escritor. Sim, eu já tinha um livro publicado, “Eu sou todo poema”, poucas pessoas o conhecem, algumas dizem ser melhor que o meu segundo livro “Inquietações”, inclusive minha esposa.

A primeira vez que recitei um poema foi no Sarau do ICBA, no Corredor da Vitória, tinha sido convidado através do Orkut e fui lá, meio sem jeito, inseguro, com quatro poemas impressos. Era o dia da final do Campeonato Baiano de 2008, deixei de ir ao jogo para recitar pela primeira vez em público, não me arrependo, foi uma ótima experiência, olhei para o rosto das pessoas e percebi que elas sentiram a mensagem que passei com minha poesia.

Minha segunda apresentação em público foi logo em seguida, num evento chamado Dia de Índio, realizado do Clube Recreativo no bairro de Plataforma, onde moro. Foi um evento multicultural com duas bandas de rock, duas de reggae, uma exposição fotográfica das Olimpíadas Indígenas e recital poético. Fui convidado para ser o apresentador do evento e durante os intervalos entre as bandas recitar meus poemas.

O tempo foi passando e não surgiram novas oportunidades, então criei a oportunidade, um encontro de escritores para mim seria o ideal para eu mostrar minha poesia e conhecer outros escritores e fui à busca deles na internet. Depois que encontrei pessoas dispostas a organizar comigo este encontro, levei o projeto para a Livraria Saraiva e conseguimos espaço para a realização, assim nasceu o Fala Escritor, realizado pela primeira vez em 08 de agosto de 2009.

Atualmente na 21ª edição, o Fala Escritor já foi palco de vários nomes da música baiana, recebeu mais de 25 lançamentos de livros, fez exposição de obras de arte e contou com a participação de mais de cem poetas baianos. Agradeço a Deus pelo sucesso do Fala Escritor e a todos que de alguma forma contribuem para o crescimento dele, começando pelo público que se faz presente, os integrantes de cada programação e a competente equipe que junto comigo faz acontecer.

Videos do Fala Escritor no Youtube:

http://www.youtube.com/results?search_query=Fala+Escritor&aq=f

Um comentário:

Deise Formentin disse...

Que bacana garoto, parabéns pelo belíssimo trabalho e incentivo a arte, literatura e a cultura de uma forma geral, nosso país precisa muito disso!