Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Mais mortes nas ruínas de Salvador


Atualmente, segundo a defesa Civil de Salvador existem 186 casarões históricos tombados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) correndo alto risco de desabamento. No dia 21 de julho escrevi o artigo: “Tombamentos de prédios antigos fazem de Salvador a cidade das ruínas” comento a morte de uma pessoa num desabamento naquela data.

Naquele mesmo artigo eu já dizia que desde o dia 08 de julho já questiona em meu twitter sobre a serventia dessas ruínas para nossa cidade, porém infelizmente tenho visto que ruínas valem mais que vidas humanas. Na madrugada desta terça-feira (17) mais quatro pessoas morreram devido ao desabamento de uma dessas ruínas.

A superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, o Governo do Estado da Bahia e a Prefeitura de Salvador decidiram antecipar as medidas do Plano de Ação que, segundo eles, começou a ser elaborado em conjunto há 21 dias. O Iphan irá gastar nos próximos cinco meses 9 milhões com estruturas de ferro para escorar as paredes dos casarões e iniciará estudos para o projeto de recuperação dos imóveis com fins habitacionais.

Infelizmente quase tudo na Bahia acontece pós morte, o quase, se dá porque nomes de pessoas consideradas importantes são colocados nas principais avenidas quando o homenageado ainda em vida, como no caso da Avenida Antonio Carlos Magalhães no abairro da Pituba as demais coisas só através de mortes.

Como acreditar que realmente esse dinheiro será investido nos escoramentos e que após os estudos, o Iphan irá executar um projeto de restauração e reconstrução dos imóveis em risco de desabamento? Por que os nove milhões e as medidas supracitadas não foram tomadas ante das mortes? Onde o governo irá colocar as pessoas que residem nesses casarões após a desapropriação? A guarda municipal irá tomar conta desses casarões para que novos moradores de rua não adentrem a esses locais ou ficarão abandonados?

Se tudo acontecer dentro dos conformes tudo bem, mas se não, a melhor coisa a fazer é demolir tudo! Sylvester Stallone terá o maior prazer em vir fazer esse serviço.

Referências:
IPHAN: http://portal.iphan.gov.br/portal/montarDetalheConteudo.do?id=15524&sigla=Noticia&retorn o=detalheNoticia
IBAHIA: http://ibahia.globo.com/plantao/default.asp
Jornal O Globo: http://oglobo.globo.com/cidades/mat/2010/08/18/em-salvador-casaroes-com-risco-de-desabar-serao-escorados-diz-iphan-917420749.asp
Debates Culturais: http://www.debatesculturais.com.br/tombamentos-de-predios-antigos-fazem-de-salvador-a-cidade-das-ruinas/
Jornal A Tarde: http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=5606958
Twitter: leandroescritor

Nenhum comentário: