Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

sábado, 24 de outubro de 2009

Prefácio do meu livro

A poesia de Leandro de Assis permeia a sociedade, os problemas do cotidiano de toda grande cidade brasileira. Transporte, desemprego, sistema de atendimento médico-hospitalar, violência, drogas, habitação, desestruturação familiar e tantos mais.
O poeta tem um ouvido e um olho a mais, ele capta o que se passa ao seu redor, decodifica e transforma em arte, em denúncia, em grito de alerta. Assim é Leandro, assim são as palavras-labirintos deste livro... Além da preocupação terrena, com a falta de comida e de ar para respirar, os escritos deste poeta nos chama para uma solução viável: Deus! Seus cânticos agradecem, pedem, clamam e convida o leitor a uma comunhão com o outro, com o próximo, lição que Jesus nos ensinou mas que, devido ao atribulado do sobreviver, nem sempre nos lembramos...
A arte não pode prescindir mais da realidade, da comunidade. Leandro está muito bem inserido neste contexto, tem os pés fincados no chão, na praça e nas ruas de seu bairro de nascimento e onde vive até hoje: Plataforma lhe serve ao mesmo tempo de morada e de inspiração, tão linda que é esta parte da cidade do Salvador!

Valdeck Almeida de Jesus
Escritor, Poeta, Estudante de Jornalismo


Lançamento: 14 de Novembro de 2009

Local: MagaStore Saraiva Salvador Shopping

Hora: 18:00 horas

Um comentário:

Sentimental ♥ disse...

Pena q vai ser tão longe né?
Sucesso!!!
beijos