Elisa Lucinda

Elisa Lucinda

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Cansei de Seleção



Eu já estou cansado de tantas entrevistas
Já estou cansado de desenhar casinhas em folha de papel
Já estou cansado de desenhar pessoas no chão
Por favor, me liberem desses exames psicológicos;
E ainda pedem: Escreva uma carta de solicitação.
Querem que eu me humilhe
Então, por favor, me dêem um emprego
Nada de autônomo, é exploração
Eu quero minha carteira assinada
No fim do ano, pretendo casar com minha namorada
Eu sou cidadão, eu sou cidadão, eu sou cidadão

Já estou cansado de pedir dinheiro emprestado
Pra participar de seleção
São mais de cem pessoas pra uma vaga
Decepção
Por favor, indiquem-me, por favor, indiquem-me,
Por favor, indiquem-me
Mas não pra seleção.

É uma semana inteira de pura enrolação
Gasto o que não tenho
E depois me dizem: Aguardem nossa ligação
Mentira, mentira
Então fico em casa esperando
Aflito, aflito, aflito

Deixo de ir à praia
Deixo de ver o mar
Deixo de jogar bola
Esperando a tal
Empresa ligar
E nem um retorno
Pra dizer:
Não foi você.

Já estou cansado
Já estou cansado
Já estou cansado
de seleção.
Poema publicado no livro Eu sou todo poema em junho de 2007.

Um comentário:

Lucimara Souza disse...

Obrigada por acessar meu blog.
Abraço pra você! Siga-me tbm...